Pular para o conteúdo

Backlog do produto é formado por como? Como ele é importante?

O backlog do produto é um dos passos mais importantes na peleja. Descubra o que é e como criá-lo neste artigo!

Seja qual for o tamanho do projeto saber organizar e priorizar seus pedidos faz toda a diferença. E o product backlog, que é um dos principais pontos de referência do método Scrum, é muito importante porque auxilia nesse processo.

Backlog do produto

Como explicamos anteriormente O framework Scrum é uma estratégia de desenvolvimento de produtos que organiza equipes para atingir objetivos comuns. O que por sua vez só é possível após alguns passos.

Dentre eles, a criação de um backlog é um dos mais relevantes. Então, se você não conhece esse termo, está na hora de começar a fazer todas as perguntas


O que é um Product Backlog?

Backlog, também conhecido como backlog, é um conceito de fácil compreensão: em suma, significa uma lista ordenada de todos os requisitos que devem ser atendidos para desenvolver um determinado produto.

Para simplificar ainda mais, podemos definir o product backlog como uma lista de tarefas organizadas em ordem de prioridade e com um prazo específico para sua conclusão, de forma a facilitar o entendimento de toda a equipe envolvida no projeto.

A grande mágica é que, como o product backlog faz parte de uma metodologia ágil (Scrum), está em constante adaptação. Isso significa que é sempre possível melhorá-lo ao longo do projeto à medida que o feedback é enviado pelo cliente.


Por que é importante no método Scrum?

No Scrum, o principal objetivo é ajudar as equipes a trabalharem juntas, promovendo assim a entrega de um projeto de maior qualidade, em menos tempo.

Na prática isso pode ser feito usando uma variedade de ferramentas. que visa facilitar as rotinas da equipe facilitando a cerimônia e proporcionar flexibilidade na operação.

Características distintivas neste campo Particularmente em termos de flexibilidade e organização do trabalho é a tarefa em mãos.

Afinal, criar uma lista de tarefas para entregar o produto comunica exatamente o que a equipe precisa saber para começar.


OS 3 recursos do Backlog do Produto

Agora que o conceito está claro, o próximo passo é saber quais recursos o backlog do produto deve ter.

Para te ajudar, preparamos uma lista dos aspectos mais importantes:

1. Prioridade

Conforme mencionado anteriormente, além de fornecer informações detalhadas sobre cada requisito, o backlog do produto ajuda você a priorizar as necessidades mais importantes do seu projeto.

É como um diagrama de fluxo de processo, provendo estimativas mais realistas. Consequentemente, é um dos elementos necessários.

2. Flexibilidade

Ao contrário do que muitos pensam, o acúmulo de produtos é imutável. Aliás, um de seus grandes trunfos é a possibilidade de adaptação à medida que o produto é desenvolvido.

Em outras palavras, à medida que novas informações surgem, o backlog do produto pode ser continuamente reorganizado e aprimorado. É esse aspecto menos rígido que permite a entrega ágil de um produto valioso ao cliente final.

3. Visibilidade

Uma das vantagens do backlog é que ele permite que todos estejam cientes do andamento do projeto e conheçam as tarefas que devem ser chegadas dentro do produto incluindo a ordem de prioridade e o prazo de cada uma delas.

Consequentemente, todos os envolvidos no projeto devem ser capazes de vê-lo e compreendê-lo. Para evitar dúvidas, é ideal que os artigos sejam descritos em linguagem simples e apresentados a todas as partes interessadas.


LEIA TAMBÉM:


Etapas simples para desenvolver um backlog de produto

Embora o conceito do product backlog seja de fácil compreensão, colocá-lo em prática pode levantar algumas dúvidas até mesmo entre os profissionais mais experientes.

Embora os criadores do framework Scrum não tenham desmantelado a criação do backlog em seu trabalho…

No entanto, algumas boas práticas não podem ser ignoradas. Vamos falar sobre isso a partir de agora!

1. Definição e descrição do trabalho

Como mencionado no início do artigo um backlog de produto é simplesmente uma lista ordenada de todos os requisitos que precisam ser atendidos.

Nesse sentido, o primeiro passo na sua criação é definir as tarefas a serem realizadas ao longo do projeto.

Então também é importante listá-los com o máximo de informações possível no início e definir uma duração estimada para cada um.

Lembre-se sempre de que é possível melhorar as descrições e até ampliar o número de tarefas à medida que o trabalho avança. Consequentemente, o conselho é começar com as informações em mãos!

2. Organização das necessidades em ordem de prioridade

Uma vez definidas as tarefas, é hora de definir as prioridades. Aliás, esse é um dos passos mais duvidosos… afinal, como saber o que fornecer primeiro no seu projeto?

Uma boa alternativa é rotular as atividades de acordo com sua importância para o usuário final: ou seja, quanto mais importante o item, mais veloz ele precisa ser remetido.

E ah! Para simplificar a organização é muito importante definir um nome para o backlog do projeto e para cada atividade nele incluída.

3. Personalização contínua

A melhoria do atraso deve estar no radar do proprietário do produto quem são os especialistas responsáveis ​​por gerenciar, atribuir e ordenar todos os itens do projeto.

Inclui:

  • Analisar quais elementos ainda são relevantes e quais podem ser contidos.
  • Selecionar tarefas muito grandes em partes menores.
  • Classifica suas prioridades.
  • Atualizar detalhes do trabalho.
  • Ajustar estimativa.

O segredo é estar atento ao feedback do cliente para entender o que pode ser mudado, reformulado e aprimorado.

Acredito que as informações expostas até agora o ajudem a desenvolver seu próximo backlog de produto.

nv-author-image

Joao A M Santos

Com uma carreira atuante na área de Projetos de Tecnologia de Informação, desenvolvo trabalhos voltados para a gestão das atividades da área, atuando em empresas do segmento de saúde e consultorias em tecnologia.

Deixe sua opnião ...

O seu endereço de e-mail não será publicado.